Emoções à flor da pele – Ação e Reação

No último post, nós conversamos sobre o ‘Não conte, mostre’ e como usar linguagem corporal e as reações internas do seu personagem para levar sua escrita a um nível mais emocional.

Em seu blog Penultimate, Arlene Prunkl, editora canadense, dá uma ótima dica de como trazer realismo a essas reações.

Caracterização na Ficção: Escrevendo Reações Autênticas de Personagens

Quando nós, seres humanos, passamos por uma inesperada situação de tensão, perigo ou estresse, quando nós experimentamos medo repentino, raiva, ansiedade, dor, vergonha, surpresa, ou mesmo prazer intenso, algumas reações bem previsíveis são desencadeadas. Nós reagimos de quatro maneiras possíveis, em uma sequência específica, de acordo com o que acontece mais rápido. Esses quatro estágios de reflexos são:

  1. Psicológica / Visceral – o primeiro reflexo de todo ser humano em resposta a um estímulo externo é uma reação psicológica quase que instantânea. É a maneira visceral e involuntária do corpo de reagir e lidar com medo e outros agentes estressantes externos. Essas reações incluem, suores, calafrios, tremores, arrepios, pulso acelerado, coração disparado, aumento da pressão sanguínea, injeção de adrenalina, tiques nervosos, piscar dos olhos mais rápidos, pupilas dilatadas, olhos arregalados, rosto/pele ruborizados, peito/garganta apertados, estômago se revirando/náusea, músculos tensos, pular de susto e os sentidos mais apurados e focados. Sem ser muito técnica, essas reações acontecem graças a um reflexo hormonal do corpo humano se preparando para lutar ou fugir – nossa resposta natural ao estresse. Nenhuma dessas respostas podem ser controladas e, por serem involuntárias, elas sempre acontecem primeiro, antes de qualquer outra reação.
  2. Física / Impulsiva – Um ou dois segundos depois da resposta psicológica, vem a reação física. Essa é uma reação instintiva e involuntária, totalmente não premeditada, uma resposta do tipo matar ou morrer. Pode ser um grito, um ataque (como afastar um inseto pousado no rosto), se encolher para proteger a cabeça ou o peito ou a barriga de um dano maior, pular para trás de medo ou fugir.
  3. Emocional / Impulsiva – menos de um segundo depois, o ser humano reage com outra resposta impulsiva, mas dessa vez, emocional. Na ficção, isso pode ser retratado como um pensamento ou uma fala curta, como um xingamento — “Droga!” ou “Meu Deus do céu!” — mais uma vez, respostas involuntárias, que acontecem sem planejamento. Esse tipo de reação também pode ser física; por exemplo, um chute ou um soco ou um tapa, mas não deve ser confundida com a reação física do item anterior, que é um pouco mais instintiva que a resposta desencadeada pela emoção. Existe uma diferença sutil entre as duas, então é melhor usar ou uma ou outra.
  4. Mental / Racional – Essa é a resposta pensada, medida e controlada do cérebro que pode acontecer segundos, ou mesmo minutos depois das outras. (Quando aplico esses princípios de reações a mim mesma, eu admito que às vezes eu demoro horas para reagir de uma maneira racional e apropriada.) Pode ser uma resposta verbal como, “Certo, vamos fazer assim…”, ou um planejamento mental do melhor curso de ação para aquelas novas circunstâncias. Também pode, e na maioria das vezes deve, envolver a emoção que desencadeou tudo (medo, raiva, etc.).

Ao descrever as reações dos seus personagens, evite incluir todas as quatro respostas cada vez que um acontecimento importante afetá-los — isso levará a um excesso desnecessário de detalhes. Mas quaisquer que sejam as reações que você escolher usar, mantenha a ordem acima.

 

4 estagios emocoes

 

Cumprindo a promessa feita no último post, segue abaixo, algumas reações para você acrescentar ao seu próprio banco de dados. As duas primeiras listas foram elaboradas pela blogueira Bryn Donovan (links para as listas completas, também no final desse post), e a última veio do meu arquivo pessoal.

Use e abuse, mas busque sempre a originalidade, por exemplo, ao invés de simplesmente escrever, “Ele deu um soco na mesa”, dê o seu toque mágico e escreva, “A mesa tremeu com a força do soco dele, derrubando o porta-canetas, esparramando tudo pelo chão”.

 

LISTA DE GESTOS E LINGUAGEM CORPORAL

Ele baixou a cabeça

Ela inclinou a cabeça

O pescoço dela caiu para a frente

Ele encobriu os olhos com as mãos

Ela pressionou as bochechas com as mãos

Ela empinou o queixo

Ela apertou os punhos

Os punhos dele se cerraram

Ela relaxou os punhos

Os braços dela permaneceram caídos ao lado do corpo

Ele encolheu os ombros

Ele fez um gesto de deixa para lá

Ela levantou a mão num aceno

Ela deu tchau

Ela levantou as mãos

Ele ergueu as palmas das mãos

Ela jogou as mãos para cima

Ela esfregou as mãos

Ele friccionou uma mão na outra

Ela juntou as pontas dos dedos

Ela gesticulou

Ele balançou as mãos

Ela bateu palmas

Ele estalou os dedos

Ela levantou o indicador

Ela gesticulou com o polegar

Ele virou o polegar em direção a…

Ela fez um gesto obsceno

Ele mostrou o dedo do meio

Ela levantou os polegares em aprovação

Ele enfiou as mãos nos bolsos

Ela colocou as mãos na cintura

Ela jogou o quadril para o lado

Ele cruzou os braços

Ela envolveu os braços em volta de si mesmo

Ela balançou o corpo para frente e para trás

Ele abriu os braços para os lados

Ele estendeu os braços

Ela estendeu a mão

Ele esticou a mão

Ela balançou a cabeça

Ele assentiu

Ela jogou a cabeça em direção a…

Ele virou o rosto

Ela olhou para o outro lado

Ele evitou seus olhos

A respiração dela se acelerou

Ele ofegou

Ela respirava com dificuldade

Ela inspirou com força

Ele respirou fundo

Ela arfou

Ele prendeu a respiração

Ela suspirou asperamente

Ela expeliu o ar com força

Ele soprou o ar com violência

Ela bufou

Ele suspirou

Ele riu

Ela deu uma risadinha

Ela gargalhou

Ele sorriu

Ela se acabou de rir

Ela soltou uma risada amarga

Ele riu sem vontade

Ele massageou o ombro

Ele rolou os ombros

Ela retesou os ombros

Ele massageou a nuca

Ela massageou a têmpora

Ela esfregou a mãos nas coxas

Ela correu os dedos pelos seus cabelos

Ele passou a mão pelo cabelo

Ele tirou o cabelo da frente do rosto

Ela brincou com um cacho de cabelo

Ela jogou os cabelos

Ela enrolou uma mecha de cabelo no dedo

Ela colocou o cabelo atrás da orelha

Ela sacudiu os cabelos

Ele enterrou os dedos no cabelo

Ele alisou a barba

Ele coçou a barba

Ela coçou a orelha

Ele mordeu uma unha

Ela mordeu a cutícula

Ele roeu as unhas

Ela limpou as unhas

Ela examinou suas unhas

Ele brincou com a manga da camisa

Ela limpou um fiapo de linha do vestido

Ele ajustou a gola do casaco

Ela brincou com o brinco/pulseira

Ela retorceu a aliança em volta do dedo

Ele repuxou o colarinho da camisa

Ele ajustou a gravata

Ela alisou a saia

Ela coçou o nariz

Ele coçou a cabeça

Ele esfregou a testa

Ela esfregou os olhos

Ele empinou o nariz

Ela deu um tapa na própria testa

Ela tampou a boca com a mão

Ela apertou os dedos contra os lábios

Ele tocou os lábios com o indicador

Ele coçou o queixo

Ela apertou a mão contra a garganta

Ele pressionou o peito

Ele se encostou na parede

Ela saltitou na ponta dos pés

Ele bateu o pé nervosamente

Ela entrelaçou os dedos sobre o colo

Ele tamborilou os dedos na mesa

Ele deu um tapa na mesa

Ela deu um soco na mesa

Ele pousou as mãos na mesa

Ele se recostou na cadeira

Ela agarrou os braços da cadeira

Ele colocou as mãos atrás da cabeça

Ele colocou os pés na mesa

Ela se agitou

Ele balançou os pés

Ele balançou a perna

Ela cruzou a perna

Ele descruzou a perna

Ela cruzou os tornozelos na frente dela

Ela esticou as pernas na frente dela

Ela se encolheu

Ele se arrepiou

Ela recuou

Ela tremeu

O corpo dele estremeceu

Ele se encolheu de …

Ele se espremeu no canto

Ele se afastou

Ela virou de costas

Ele deu um pulo

Ele ficou tenso

Ela se endireitou

Ele se endureceu

Ela levantou com um pulo

Ele ficou de pé

Ela relaxou

Ele se recurvou

Ela se jogou no assento

Os ombros dela caíram

Ela murchou

O corpo dele amoleceu

Ele rolou os ombros

Ela endireitou os ombros

Ele estufou o peito

Ele apoiou o queixo na mão

Ela pousou o queixo na palma da mão

Ele bocejou

Ela se esticou

Ela rodopiou

Ele girou em volta de si mesmo

Ela titubeou

Ele se afastou

Ela se aproximou

Ele se inclinou para a frente

Ela chegou para frente

Ele andou de um lado para o outro

Ela se balançou de um pé para o outro

Ele arrastou os pés

Ela socou o ar

Ele levantou os dois punhos para cima

LISTA DE EXPRESSÕES FACIAIS

Olhos / Sobrancelhas

Seus olhos se arregalaram

Suas pálpebras caíram

Seus olhos se estreitaram

Seus olhos se acenderam

Ele cerrou os olhos

Ela piscou

Seus olhos cintilaram / brilharam / reluziram / iluminaram

Os olhos deles queimaram com …

Os olhos dela arderam de…

… brilhou em seu olhar

Os cantinhos dos olhos dele franziram

Ela rolou os olhos

Ele olhou para cima

Ela relanceou

Ele deu uma piscadinha

Os olhos dela se encheram de lágrimas

Lágrimas brotaram dos olhos dele

Os olhos dela estavam úmidos

Seus olhos arderam

Lágrimas brilharam nos olhos dela

Ele lutou contra as lágrimas

Lágrimas caíram pelo rosto dela

Seus olhos se fecharam

Ela apertou os olhos fechados

Seus cílios tremeram

Suas sobrancelhas se uniram

Ele franziu a testa

A testa dela estava enrugada

Uma linha apareceu entre as sobrancelhas dela

Ele arqueou as sobrancelhas

Ela levantou uma sobrancelha

Ele balançou as sobrancelhas

Ela o olhou da cabeça aos pés

Ela grudou os olhos nele

Ele olhou fixamente

Ela observou

Ele contemplou

Ele encarou

Ela examinou

Ela inspecionou

Ele a olhou sensualmente

As pupilas dele se dilataram

As pupilas dela se alargaram

 

Nariz

Ela franziu o nariz

Ele enrugou o nariz

As narinas dele se dilataram

Ela empinou o nariz

Ele fungou

Ela cheirou

 

Boca

Ela sorriu

Ele deu um sorrisinho

Ela abriu um sorriso enorme

Ele deu um sorriso falso

Sua boca se curvou num sorriso

Os cantinhos da sua boca se curvaram para cima

Sua boca se contraiu

Ele deu um meio sorriso

Ela deu um sorriso de lado

Ele ergueu um canto da boca

Sua boca se retorceu

Ela fixou um sorriso no rosto

Ela forçou um sorriso

Seu sorriso escorregou do rosto

Ele apertou os lábios

Ela fez beicinho

Ele trancou a boca

Ela apertou os lábios numa linha fina

Ela mordeu o lábio

Ele mordeu o lábio inferior

Seu maxilar ficou tenso

Ele apertou o maxilar

Um músculo pulou em seu maxilar

Ele rangeu os dentes

Ela ficou de boca aberta

O queixo dela caiu

O lábio inferior dela tremeu

 

Pele

Ela ficou pálida

Ele empalideceu

A cor fugiu do seu rosto

Ele ficou com o rosto vermelho

As bochechas dela ficaram cor de rosa

Ele enrubesceu

O rosto dela queimou

Ele retorceu o rosto

O rosto dela se contorceu numa careta

O rosto dela se iluminou

Ela fez cara de paisagem

Ele fechou a cara

A expressão dele se embotou

Uma veia pulou no seu pescoço

Uma veia pulsou na sua testa

 

REAÇÕES DO CORPO A ALGUMAS EMOÇÕES

Medo: descarga de adrenalina, coração disparado, lábios ressecados, tremores pelo corpo, respiração acelerada, ficar paralisado, pelos arrepiados, atenção fixa na ameaça.

Raiva: coração acelerado, sensação de calor se espalhando pelo corpo, injeção de energia e impressão de estar mais forte, veia pulsando na testa ou no pescoço.

Tristeza: aperto no peito, garganta arranha com vontade de chorar, sentimento de fraqueza geral, apatia, sensação de frio.

Desejo: coração e pulsação acelerados, respiração ofegante, mãos suadas, dificuldade para falar, pernas bambas, formigamento e arrepios pelo corpo, voz rouca.

Amor: bom humor, sensação de euforia, falta de apetite, vontade de rir sem motivo aparente, impressão de levar choque quando encosta na outra pessoa, sonhar acordado, sentimento de posse.

Felicidade: sensação de bem-estar, disposição e entusiasmo, calor que se espalha pelo corpo, vontade de fazer coisas boas para os outros.

Surpresa: coração martelando no peito, perder a respiração por alguns segundos, ficar sem palavras, atordoamento, formigamento na coluna.

Vergonha: impulso de fugir e se esconder, rosto ruborizado, suor excessivo, sensação de náusea, olhar baixo.

 

Você achou esse post útil e gostaria de ler mais sobre o ‘Não conte, mostre’? Deixe o seu comentário e pedido abaixo.

 

Fontes: http://penultimateword.com/editing-blogs/characterization-in-fiction-writing-realistic-character-reactions/

                http://www.bryndonovan.com/2015/04/10/master-list-of-gestures-and-body-language-for-writers/

http://www.bryndonovan.com/2015/04/05/master-list-of-facial-expressions/

Anúncios

2 comentários em “Emoções à flor da pele – Ação e Reação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s